• SIMDE

Conselho Consultivo do SIMDE discute desafios e oportunidades para Alcântara


No último dia 7 de julho de 2020, foi realizada por videoconferência uma Reunião Ampliada do Conselho Consultivo do Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa – SIMDE, para discutir as oportunidades e desafios para o Centro Espacial de Alcântara.


O Diretor-Presidente do sindicato, Carlos Erane de Aguiar, abriu a reunião enfatizando ser o tema uma prioridade para a Base Industrial de Defesa. “A BID precisa estar pronta para fazer parte dessa nova era que se desenha. O Programa Espacial Brasileiro se insere na estratégia de construirmos um Brasil grande e soberano – delineado dentro de bases sólidas e autossustentáveis de progresso e justiça social”.


Ressaltou também a importância da autonomia nacional, usando como exemplo a Pandemia que o mundo enfrenta em 2020, onde a necessidade de produção nacional de insumos e produtos estratégicos se fez presente. ”Na primeira oportunidade de conflagração mundial, com fechamento de fronteiras e escassez de recursos, o que se viu foram as grandes potências fazendo prevalecer seu poderio econômico, produtivo e até militar”.


Após as palavras do Dr. Carlos Erane, o Diretor Geral do DCTA, Major-Brigadeiro do Ar Hudson Costa Potiguara, iniciou sua palestra abordando os aspectos das possíveis utilizações do Centro de Lançamento de Alcântara como elemento estratégico e estruturante. Discorreu sobe a atuação do Departamento de Ciência e Tecnologia do Comando da Aeronáutica, como órgão responsável pelas atividades relacionadas a ciência, tecnologia e inovação.


A reunião contou também com as palavras do Presidente da Agência Espacial Brasileira, Carlos Augusto Teixeira de Moura, do o Secretário Geral de Sistemas do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República e representante do Comitê de Desenvolvimento do Programa Espacial Brasileiro - CDPEB, Contra-Almirante Antonio Capistrano de Freitas Filho, que abordou as atividades desenvolvidas pelo comitê, entre as quais a elaboração de acordos de salvaguardas tecnológicas com países estrangeiros.


Antes da abertura da palavra aos Conselheiros e empresários houve pequenas intervenções sobre o olhar da indústria e da academia, respectivamente pelo presidente da Fibraforte, Jadir Nogueira Gonçalves e pelo professor André Luiz da Silva da Universidade Federal de Santa Maria, no Rio Grande do Sul.

0 visualização

Av. Brigadeiro Luiz Antônio, 3421

Cj. 613 e 614 - Jardim Paulista

01401-001 São Paulo - SP

(11) 2935-0510

simde@simde.org.br

  • Ícone do Linkedin Branco
  • Ícone do Facebook Branco
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
Associe-se!