Buscar

FEM-CUT/SP - Comunicado de Greve

Prezados,


Segue abaixo o Comunicado de Greve encaminhado pela Federação dos Sindicatos de Metalúrgicos da CUT do Estado de São Paulo - FEM-CUT/SP.





SÃO PAULO, 27 DE SETEMBRO DE 2021.


DA: FEDERAÇÃO DOS SINDICATOS DE METALÚRGICOS DA CUT NO ESTADO DE SÃO PAULO – FEM-CUT/SP e SEUS SINDICATOS REPRESENTADOS.



PARA: FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO – FIESP e DEMAIS SINDICATOS PATRONAIS ABAIXO RELACIONADOS.


COMUNICADO

DE GREVE


A FEDERAÇÃO DOS SINDICATOS DE METALÚRGICOS DA CUT, NO ESTADO DE SÃO PAULO – FEM-CUT/SP, por seu Presidente sub-firmado, em conformidade com a previsão de seus estatutos, e no uso das atribuições que lhe confere o art. 8º inciso III da Constituição Federal, em observância ao parágrafo único do art. 3º da Lei de Greve nº 7.783 de 28 de junho de 1989, e em cumprimento a DECISÃO DE ASSEMBLÉIAS DA CATEGORIA PROFISSIONAL REALIZADAS NAS BASES TERRITORIAIS DOS SEUS SINDICATOS FILIADOS / REPRESENTADOS, quais sejam, SINDICATO DOS METALÚRGICOS DO ABC (SÃO BERNARDO DO CAMPO, DIADEMA, RIBEIRÃO PIRES E RIO GRANDE DA SERRA); SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE ARARAQUARA E AMÉRICO BRASILIENSE; SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE BAURU E REGIÃO (AGUDOS, IACANGA E PIRAJUÍ); SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE CAJAMAR E REGIÃO (CAIEIRAS, FRANCISCO MORATO E FRANCO DA ROCHA); SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDUSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE ITAQUAQUECETUBA; SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE ITÚ (BOITUVA, CABREÚVA E PORTO FELIZ); SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE MATÃO; SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE MONTE ALTO; SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO, ELETRÔNICO, SIDERÚRGICO, OFICINA MECÂNICAS, ELETRO-ELETRÔNICAS, SERRALHERIAS E DE AUTOPEÇAS DE PINDAMONHANGABA E DISTRITO DE MOREIRA CÉSAR (ROSEIRA); SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE SALTO; SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE SÃO CARLOS (IBATÉ, ANALÂNDIA E RIBEIRÃO BONITO); SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO DE SOROCABA E REGIÃO (IPERÓ, IBIÚNA, TAPIRAÍ, SARAPUÍ, SALTO DE PIRAPORA, VOTORANTIM, SÃO ROQUE, PILAR DO SUL, ARAÇARIGUAMA, ARAÇOIABA DA SERRA, ITAPETININGA E PIEDADE) e SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS METALÚRGICAS, MECÂNICAS E DE MATERIAL ELÉTRICO E ELETRÔNICO, SIDERÚRGICAS, AUTOMOBILÍSTICAS E DE AUTOPEÇAS DE TAUBATÉ, DISTRITOS E REGIÃO, todos coordenados e representados pela FEM-CUT/SP, vêm à presença dos SENHORES e SENHORAS representantes da FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO - FIESP, registro sindical DNT 775/42, CNPJ 62.225.933.0001-34, com sede na Av. Paulista, 1313, 10º andar, na cidade de São Paulo; - SINDICATO DA INDÚSTRIA DE LÂMPADAS E APARELHOS ELÉTRICOS DE ILUMINAÇÃO NO ESTADO DE SÃO PAULO, SINDILUX - registro sindical DTN 26.352/40, CNPJ 62.662.218/0001-69, com sede estabelecida na Av. Paulista, 1313 – 9° andar, conj. 913; - SINDICATO DA INDÚSTRIA DE FUNILARIA E MÓVEIS DE METAL DO ESTADO DE SÃO PAULO – SIFUMESP, registro sindical MTb 322.155/81, CNPJ 62.548.797/0001-13, com sede localizada na Av. Paulista, 1313, 8° andar, conj. 805; - SINDICATO DA INDÚSTRIA DE ARTIGOS E EQUIPAMENTOS ODONTOLOGICOS, MÉDICOS E HOSPITALARES DO ESTADO DE S. PAULO – SINAEMO, registro sindical MPAS 317.802/70, CNPJ 62.645.460/0001-24, com sede situada na Av. Paulista,1313, 8° andar – conj. 806, CEP: 01311-923, São Paulo/SP; - SINDICATO NACIONAL DA INDÚSTRIA DE ROLHAS METÁLICAS –SINARME, registro sindical 2400.009360/88, CNPJ 59.937.748/0001-68, com sede na Av. Paulista, 1313 – 8º andar, conj. 804; - SINDICATO NACIONAL DAS INDÚSTRIAS DE MATERIAIS DE DEFESA, SINDE registro sindical Processo 24000.005634/92, CNPJ 73.873.002/0001-69, com sede estabelecida na Av. Major Diogo, 561, conj. 01; - SINDICATO DA INDÚSTRIA DE REPARAÇÃO DE VEÍCULOS E ACESSÓRIOS DO ESTADO DE SÃO PAULO – SINDIREPA, registro sindical DNT 25.548/40, CNPJ 47.463.047/0001-55, com sede na Av. Indianópolis, 2357, na cidade de São Paulo; - SINDICATO DA INDÚSTRIA MECÂNICA DO ESTADO DE S. PAULO – SINDIMEC, registro sindical DNT 25.564, CNPJ 43.051.176/0001-85, com sede na Rua Tabatinguera, 140, 5° andar – sala 509, S. Paulo; - SINDICATO DA INDÚSTRIA DA PROTEÇÃO, TRATAMENTO E TRANSFORMAÇÃO DE SUPERFÍCIES DO ESTADO DE SÃO PAULO - SINDISUPER, registro sindical DNT 26.254/40, CNPJ 62.605.845/0001-68, com sede localizada na Av. Paulista,1313 - 9° andar, Conj. 913, São Paulo/SP; SINDICATO DA INDUSTRIA DE BALANÇAS, PESO E MEDIDAS DO ESTADO DE SÃO PAULO - SIBAPEM, registro sindical DNT 27068/40, SR 05824, CNPJ 62.650.049/0001-47, com sede na Av. Paulista, 1313, 8º andar, cj 812, São Paulo, Capital, informar que em face da injustificada postura e da intransigência patronal que insiste em não apresentar uma proposta aceitável quanto a legítima e modesta reivindicação de natureza social e econômica de data-base 1º de setembro, apresentadas pelos trabalhadores desde 29 de junho de 2021 (portanto, a quase três meses passados), e estando a categoria já em pleno dia 27 de setembro de 2021, SEM NENHUMA RESPOSTA ou oferta de proposta para a apreciação das trabalhadoras e trabalhadores. Em face desta postura patronal, as trabalhadoras e trabalhadores representados pela FEM-CUT/SP DECIDIRAM em ASSEMBLEIAS VIRTUAIS E PRESENCIAIS que, a qualquer momento, a partir de 48 horas da entrega ELETRÔNICA deste COMUNICADO, será DEFLAGRADO GREVE EM QUALQUER EMPRESA DO GRUPO SINDICAL PATRONAL ACIMA MENCIONADO, A CRITÉRIO DOS TRABALHADORES, conforme previsto na Lei de greve, combinado com o artigo 9º da CF, salientando-se que referido movimento será POR PRAZO INDETERMINADO.


Caso Vossas Senhorias pretendam evitar a GREVE, procurem imediatamente os representantes da FEM-CUT/SP, na pessoa do seu Presidente, e apresentem uma proposta aceitável por parte dos trabalhadores, e neste sentido, RETOMAREMOS URGENTEMENTE AS NEGOCIAÇÕES em busca de um possível entendimento a nível de Convenção Coletiva de Trabalho.


Os caminhos do bom senso e do diálogo, da lealdade e da boa-fé, são sempre os melhores caminhos, por isto, os trabalhadores, através de seus representantes, dirigentes sindicais de base coordenados e representados pela FEM-CUT/SP, continuarão dispostos a negociar para que seja encontrada a melhor solução, capaz de dirimir os conflitos e contemplar reciprocamente os interesses das partes.


No aguardo da resposta em tempo hábil.


Atenciosamente.


São Bernardo do Campo / São Paulo, 27 de setembro de 2021.




.........................................................

ERICK PEREIRA DA SILVA

PRESIDENTE DA FEM-CUT/SP




Raimundo P. de Oliveira

Assessor Jurídico -FEM-CUT/SP - OAB/SP 101.380



1 visualização0 comentário