Buscar

RUSTCON faz simulação virtual do Guardião Cibernético


No início do mês de outubro, o Comando de Defesa Cibernética realizou o Exercício Guardião Cibernético, com o objetivo de simular um ambiente de Guerra Cibernética envolvendo os setores estratégicos do Brasil, sendo eles: Água, Energia, Financeiro, Nuclear, Transporte e Telecomunicações. O evento aconteceu em Brasília-DF (Com D Ciber) e São Paulo-SP (CMSE).


A RustCon, em parceria com o SENAI e CISCO, desenvolveu 6 infraestruturas críticas representadas simultaneamente na simulação virtual do SIMOC (Simulador de Operações Cibernéticas) CYBER RANGE, um simulador hiper-realista de ataque e defesa cibernética e integradas com planta industrial do SENAI para tratamento de água e maquete do Exército representando a geração e distribuição de energia e transporte ferroviário.


Ainda em setembro de 2021, Carlos Rust, CEO da RustCon, assinou um acordo de parceria tecnológica com o Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército Brasileiro (DCT).


O evento reuniu 65 organizações nacionais e internacionais e 350 especialistas em tecnologia da informação dos setores estratégicos do Brasil. Participaram o Ministro de Estado da Defesa, Walter Souza Braga Netto, o Ministro do Gabinete de Segurança Institucional, General Augusto Heleno Ribeiro Pereira, o Chefe de Logística e Mobilização do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Tenente-Brigadeiro do Ar Heraldo Luiz Rodrigues e o Coordenador do Exercício Guardião 3.0, Contra-Almirante Rucley Cantarin, além de representantes do Centro de Tecnologia da Informação da Marinha (CTIM), Centro Integrado de Telemática do Exército (CITEx) e Centro de Computação da Aeronáutica de Brasília (CCA-BR).

13 visualizações0 comentário