top of page
Buscar

SIMDE Participa de Reunião da FIESP para Discutir Reforma Tributária e Desafios Fiscais



Na última terça-feira (18/06), a convite da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP), o Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa (SIMDE) participou de uma reunião para discutir o Projeto de Lei da Reforma Tributária. O encontro contou com a presença do Departamento de Economia, Jurídico e Sindical da FIESP, além da especialista Vanessa Canado, mestra em direito tributário e doutora em direito pela PUC-SP.

 

Durante a reunião, foi destacada a necessidade de uma reforma que elimine as distorções fiscais atuais e promova um ambiente mais racional e eficiente para as empresas. Outro ponto crítico abordado foi o desvio de comércio causado por benefícios fiscais em determinadas regiões, como a Zona Franca de Manaus. A elevação e a restituição de impostos também foram temas debatidos.

 

Foi apresentada uma frustração com o andamento da reforma tributária, apontando a falta de boas notícias e os desafios em se alcançar um consenso que beneficie todos. O debate também tocou na aplicação de uma alíquota única para diversos setores, algo que gera preocupação entre os industriais. A ideia de um imposto único, apesar de racional, pode não ser viável em um país com tantas peculiaridades regionais e setoriais. "Temos que buscar uma solução que beneficie a todos, mas respeite as diferenças regionais e setoriais", comentou um dos participantes.

 

Por fim, a reunião também discutiu o papel do lobby e da participação política na defesa dos interesses industriais. Os participantes reconheceram a importância de uma atuação política forte em Brasília para garantir que as demandas do setor sejam atendidas.

 

O Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa participou de maneira remota da reunião, representado pelo Brigadeiro Veterano Nilson Soilet Carminati, Vice-Presidente de Relações Institucionais do sindicato.

20 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page