top of page
Buscar

SIMDE presente em reunião do Grupo de Trabalho de Crédito do "Conselhão" da Presidência da República




Na última sexta-feira (28/07), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) foi o palco da reunião de instalação do Grupo de Trabalho de Crédito do Conselho Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (CDESS), conhecido como "Conselhão".


O evento contou com a presença de representantes do setor industrial de materiais de defesa, o Sindicato Nacional das Indústrias de Materiais de Defesa (SIMDE) foi representado por Luiz Cristiano Vallim Monteiro, Conselheiro e Diretor do Sindicato, representando o Dr. Carlos Erane de Aguiar, Diretor-Presidente do SIMDE. Carlos Frederico Aguiar, Presidente do Conselho Empresarial de Economia da FIRJAN e Conselheiro do SIMDE, também esteve presente em nome do Dr. Eduardo Eugenio, Presidente da FIRJAN.


A reunião foi iniciada pelo ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, e pelo presidente do BNDES, Aloizio Mercadante. Durante seu discurso, Mercadante ressaltou a importância dos bancos públicos, especialmente do BNDES, no mercado de crédito, enfatizando o papel fundamental dessas instituições para impulsionar o crescimento econômico e reverter expectativas negativas.


Em relação ao crédito público, Mercadante destacou que apenas 11% do crédito do país é direcionado, e apenas 7,6% são subsidiados, principalmente para setores como agricultura e habitação popular. Ele ainda explicou que o BNDES não recebeu nenhum tipo de subsídio ao longo do primeiro semestre e ressaltou os esforços do banco em apoiar micro, pequenas e médias empresas, além de investir em infraestrutura, incluindo projetos sociais como escolas e hospitais.


Mercadante também mencionou os desafios enfrentados devido ao cenário macroeconômico, mas apontou conquistas importantes tanto do Governo Federal quanto do BNDES, como a reforma tributária e melhorias no ambiente macroeconômico, o que tem atraído investimentos e proporcionado mais segurança aos investidores.


O presidente do BNDES adiantou que o presidente Lula lançará o novo Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) em breve, com o objetivo de alavancar o crédito através dos bancos públicos. O ministro Padilha também expressou grande expectativa em relação ao Grupo de Trabalho de Crédito, que reúne representantes dos bancos públicos, Febraban, empresas varejistas, segmentos industriais, startups e trabalhadores, entre outros.


O CDESS, responsável por assessorar o presidente da República na formulação de políticas de desenvolvimento econômico e social sustentável, é coordenado pelo próprio presidente, com a participação do vice-presidente Geraldo Alckmin e do ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha. O Grupo de Trabalho de Crédito apresentará suas propostas ao presidente no pleno de novembro deste ano.





36 visualizações0 comentário
bottom of page